A definição pela área de concentração “Educação” se fundamenta na necessidade de pesquisas voltadas para o campo da educação, com enfoque em investigações e análises sobre aspectos constitutivos do trabalho e formação docente nas várias instâncias em que este se efetiva; sobre os processos educativos formais e não-formais e sobre questões voltadas para o contexto das políticas e práticas educativas.

Linhas de Pesquisa:

1. Políticas e Práticas Educativas

Essa linha tem como objetivo investigar as questões das políticas públicas educacionais e/ou das práticas educativas, no contexto nacional e internacional, considerando demandas éticas, estéticas, culturais e sociais. Ao compreender a educação como prática histórica e social, de produção de saberes e práticas, de compromisso ético e político em busca de uma nova sociabilidade, as pesquisas são desenvolvidas no âmbito dessa linha de pesquisa contemplam temas relacionados: à educação formal, não-formal e informal; à educação estética; aos estudos curriculares; dos processos avaliativos; à educação e infância; e à educação superior.

2.  Trabalho e Formação Docente

Essa linha tem como foco central estudos que tematizem o trabalho e a formação docente, entendidos como objetos múltiplos que levem em conta diferentes aspectos envolvidos na ação docente tais como os sociais, políticos, econômicos, históricos e sócio ambientais. Nesta perspectiva, a linha acolhe pesquisas que compreendem a docência e seus diferentes âmbitos de ação, de formação e de políticas que as afetam, bem como àqueles que com ela se relacionam como estudantes e demais membros da sociedade. Assim, dada a multiplicidade inerente ao seu foco central, a linha prioriza os estudos que contemplem as seguintes temáticas: formação de professores, trabalho docente em diferentes instâncias, educação especial, letramentos, tecnologias digitais, relação entre linguagem e educação.